ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Agricultura
    Câmara vai homenagear cafeicultores de Vargem Alta Conheça a razão e os indicados a receberem a homenagem de reconhecimento da Câmara de Vereadores e de todo o Município
    (Foto: Rádio Conexão ES)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    19 de Maio de 2017 às 07h24
    (Atualizada) 19 de Maio de 2017 às 07h33

    Na sessão extraordinária da Câmara Municipal de Vargem Alta que aconteceu na noite de quinta-feira (18), os vereadores aprovaram o Projeto de Decreto Legislativo concedendo a “Comenda do Cafeicultor” a cinco moradores, em homenagem a ser prestada no próximo dia 22.

    Ficou aprovado a indicação dos nomes dos senhores Anatalício dos Reis Silva, Deusdete Batista de Oliveira, João Batista Scarton, José Carlos Marchiori, Ladislau José Pola e Marcos Marchiori para o recebimento da “Comenda do Cafeicultor”,

     A concessão de título de cidadão honorário ou qualquer homenagem a pessoas que, reconhecidamente tenham prestado relevantes serviços ao Município é competência privativa da Câmara Municipal. Regulamentando a previsão da Lei Orgânica, foi aprovada a Lei que criou a Semana do Cafeicultor, posteriormente, a Resolução 88/2017 criou a “Comenda do Cafeicultor”.

    Conheça a razão para os indicados receberem a homenagem de reconhecimento da Câmara de Vereadores e de todo o Município, pelos relevantes serviços prestados a Vargem Alta no âmbito da cafeicultura:

     ANATALÍCIO DOS REIS SILVA: como melhor catador, alcançando o recorde de 42 (quarenta e duas) sacos de café colhidos em 01 (um) dia e ainda inventou uma peneira que facilita o trabalho manual dos colhedores de café;

     DEUSDETE BATISTA DE OLIVEIRA: como melhor parceiro, que traçou junto com Sr. Haroldo, um plano de desenvolvimento sustentável para a propriedade que antes era apenas café, diversificou também com o plantio de uva, banana e abacate;

     JOÃO BATISTA SCARTON: por ser o maior produtor de café conilon do Município em 2016, segundo informação do NAC – Núcleo Atendimento do Contribuinte;  

     JOSÉ CARLOS MARCHIORI: por ter melhor projeto ambiental, produtor que se preocupa tanto com a qualidade de seu produto, quanto com a sua responsabilidade em relação ao meio ambiente, bem como segue as normas de segurança de produção do café, tornando o seu café rastreável onde quer que ele seja comercializado;

     LADISLAU JOSÉ POLA: por ser o maior produtor de café arábica do Município em 2016, segundo informação do NAC – Núcleo Atendimento do Contribuinte;

    MARCOS MARCHIORI: venceu em primeiro lugar o concurso nacional (Fair Trade) realizado em Lajinha – MG, bem como ganhou diversas vezes em segundo e terceiro lugar em concursos estaduais e municipais.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.
    Dra Izabela