ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Cachoeiro de Itapemirim
    Prefeitura de Cachoeiro adotará medidas para coibir furto de cabos elétricos Foram pelo menos quatro ocorrências em 60 dias, a última delas na ponte de pedestres Rosalina Depolli
    (Foto: Divulgação/PMCI)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    10 de Julho de 2018 às 13h11

    Ocorrências de furto de cabos elétricos têm aumentado em Cachoeiro. Nos últimos 60 dias, foram pelo menos quatro casos, sendo o último registrado na ponte Rosalina Depolli, que liga a rua Samuel Levy à avenida Beira Rio, na região central da cidade. Além de afetar a iluminação pública, o resultado é um prejuízo de R$ 5 mil aos cofres públicos.

    Para coibir as ações criminosas, a prefeitura de Cachoeiro, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), adotará medidas para reforçar a proteção dos cabos de eletricidade. Nos próximos dias, um ofício será enviado à Polícia Militar e à Guarda Civil Municipal, solicitando atenção especial das forças de segurança para essa situação.

    O assunto também deverá ser pauta de reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), do qual fazem parte as forças de segurança que atuam em Cachoeiro e secretarias municipais, buscando soluções conjuntas para os desafios da segurança pública no município.

    A Semsur também analisa medidas para mudar a forma como os cabos de eletricidade são colocados nas vias públicas, de modo a proteger os fios e dificultar a possibilidade de furtos.

    “As pessoas que realizam essas práticas têm como objetivo ganhar dinheiro com a venda dos fios de cobre. Para o município, porém, além do prejuízo financeiro, esses atos provocam atrasos na prestação de outros serviços de necessidade da cidade. Por isso, precisamos agir com firmeza”, destaca o secretário municipal de Serviços Urbanos, Paulo Miranda.

    A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos pede também o apoio da população, denunciando os furtos que por ventura forem presenciados. Para isso, basta ligar para o telefone 190, da Polícia Militar, ou para o 156, da Ouvidoria Municipal.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.