ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Cachoeiro de Itapemirim
    Rafa realiza panfletagem contra a violência doméstica em Cachoeiro A panfletagem trata da violência doméstica e familiar contra a mulher
    (Foto: Divulgação/PMCI)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    13 de Novembro de 2018 às 10h53

    A equipe da Ronda de Apoio a Família (Rafa), projeto coordenado pela Guarda Civil Municipal de Cachoeiro, vai realizar nesta terça (13), às 9h,  uma panfletagem, no centro da cidade, sobre violência doméstica e familiar contra a mulher.

    Serão distribuídos 3 mil panfletos com o tema "Na minha casa quem manda é o respeito!", baseado na Lei Maria da Penha, sancionada em agosto de 2006, também conhecida como Lei n.º 11.340, que visa proteger a mulher da violência doméstica e familiar. 

    Outras ações acontecerão ao longo de todo o mês, já que em 25 de novembro é comemorado o Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher.

    Nesta quarta (14), às 9h, haverá palestra com a  fisioterapeuta Kátia Zampirolli, na sede da Guarda Civil Municipal, na Ilha da Luz. No dia 19 (terça-feira), às 19h, no auditório da Escola Zilma Coelho Pinto, acontecerá o evento "Na minha casa quem manda é o respeito!", organizado pelo projeto Rafa, que apresentará os trabalhos executados em todo seu período de funcionamento. Na oportunidade, também ocorrerão momentos culturais.

    “O projeto da prefeitura, por meio da guarda municipal é relevante, pois tem por finalidade a conscientização de combate à violência contra a mulher, que nos preocupa muito e que necessita ser reduzida”, frisa Denise Marçal Koppe, coordenadora do projeto e guarda municipal que vive bem de perto ocorrências contra mulheres.

    De acordo com a delegada Edilma de Oliveira, titular da Delegacia de Defesa da Mulher, os casos de violência mais frequentes são: ameaça, lesão corporal e até assassinatos.

    “A violência praticada contra a mulher independe de classe social. A mais grave delas é a emocional, que não deixa marcas na pele, mas marca a mulher por toda a vida”, destacou a delegada.

    O telefone de contato da Ronda de Apoio é (28) 99951-1278. Denúncias de violência contra a mulher devem ser feitas pelos telefones 190 e 188.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.