ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Cachoeiro de Itapemirim
    Propostas de Cachoeiro são aprovadas em programa de inovação Os proponentes dos projetos serão capacitados por especialistas sobre diversos temas para o sucesso de uma startup
    (Foto: Divulgação/PMCI)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    28 de Agosto de 2017 às 11h14

    Nove ideias de empreendedores cachoeirenses estão entre as 300 aprovadas para a segunda fase do programa Sinapse da Inovação, da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), que tem o objetivo de estimular a cultura da inovação, induzir o empreendedorismo inovador e promover a aproximação entre universidades e o mundo dos negócios.

    Os proponentes dos projetos serão capacitados por especialistas sobre diversos temas para o sucesso de uma startup, como a captação de investimento, desenvolvimento do produto, formação da equipe empreendedora, modelo de negócios, gestão e estratégia empresarial, inovação e tecnologia, dentre outros. Além disso, devem agora submeter um projeto de empreendimento até o dia 4 de setembro, onde serão novamente avaliados, restando apenas 150 propostas para a terceira e última fase da etapa de seleção do programa.

    Por fim, serão 40 projetos contemplados com até R$ 50 mil em subvenção da Fapes e suporte para o desenvolvimento de seus produtos e negócio. O resultado final será divulgado no dia 10 de janeiro de 2018.

    Os classificados participaram, nesta semana, de uma reunião no Museu de Ciência e Tecnologia, para discutir a importância da criação de um ecossistema empreendedor, de modo que eles possam contribuir e influenciar outros participantes para fomentar a cultura do empreendedorismo, bem como estimular a maior participação em iniciativas que estimulem novos negócios, para diversificar a matriz econômica do Estado.

     “O resultado mostra que estamos no caminho certo. Entre as cidades com maior número de ideias selecionadas, Cachoeiro ficou na sexta posição e entre as noves melhores propostas, duas são de Cachoeiro”, comemora o representante da prefeitura de Cachoeiro, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, no programa, Alexandre Gasparini.

    “Estamos felizes com a colocação de Cachoeiro no Sinapse e entusiasmados porque todos abraçaram a criação do ecossistema empreendedor, tendo em vista a relevância do projeto e o benefício que o trabalho em conjunto traz para a cidade. Queremos colocar a prefeitura de Cachoeiro à disposição e que num futuro breve possamos colher frutos dessa cooperação”, finaliza o secretário de Desenvolvimento Econômico, Felipe Ribeiro Macedo.

    Para o presidente da Fapes, José Antônio Bof Buffon, o evento realizado foi de extrema importância para o sucesso dos projetos dentro do programa, pois houve um incentivo aos candidatos para que os mesmos acreditem em suas respectivas ideias, e assim possam melhorá-las e adequá-las para a necessidade do mercado. 

    Os nove projetos de Cachoeiro aprovados pela Fapes são:

    “Bloqueador de tampas de tanques transportadores de combustíveis”, de Márcio Fornaciari Donna; “Inteligência Artificial a favor do empreendedor”, de Jacques Douglas Danzi; “Catálogo de Amostras de Rochas em Realidade Aumentada”, de Gisele Rodrigues; “Medidor de teor de umidade de lama abrasiva de rochas ornamentais”, de Bruno Fernandes de Sousa e Daniel Pimentel Tavares; “Stonesprice.com, a solução definitiva para o setor de rochas”, de Thales Lemos de Souza; “Sistema Autônomo de Controle de Irrigação”, de Camila do Espírito Santo Ornelas; “Monitoramento de consumo de água remoto”, Bruno Coelho Alves, Igor Rodrigues de Oliveira, Arthur César Soares Libertino, Suellen Costa Pereira e Erick Schultz Soares Araujo Caetano; “EAD - Plataforma de Cursos OnLine para o setor de Rochas Ornamentais”, de Bruno Rabbi e Rogelio Paes Santos; e “MEI'space - O Espaço do Microempreendedor Individual”, de Rafael Alves de Souza e Junio da Cunha Mozer.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.
    Dra Izabela