Pronto Atendimento Infantil realiza pesquisa de satisfação - Rádio Conexão
ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Cachoeiro de Itapemirim
    Pronto Atendimento Infantil realiza pesquisa de satisfação Usuários responderão a um questionário sobre serviços e instalações, dentre outros quesitos
    (Foto: Divulgação/PMCI)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    02 de Agosto de 2018 às 13h09

    A Secretaria de Saúde (Semus) de Cachoeiro iniciou, nesta quarta-feira (1º), uma pesquisa de satisfação com os usuários do Pronto Atendimento Infantil (PAI) "Dr. Gilson Carone". O objetivo é aferir a qualidade dos serviços no PAI, que é mantido pela prefeitura, gerenciado pelo Hospital Infantil Francisco de Assis (Hifa) e, há nove meses, funciona em sistema 24 horas.

    Nos próximos 21 dias, em horários diversos, os pais das crianças atendidas no PAI, localizado no bairro Sumaré, serão convidados a responder a um questionário por meio de um sistema eletrônico desenvolvido pela Companhia de Tecnologia da Informação de Cachoeiro de Itapemirim (Dataci) e instalado em um tablet. Um profissional da Semus auxiliará os usuários no preenchimento.

    O questionário apresenta nove categorias, que incluem desde tempo de atendimento até aspectos das instalações, e que o usuário precisa classificar como ótimo, bom, regular ou ruim. Também é pedido para que se dê uma nota de 0 a 10 para a qualidade do atendimento e dizer se recomendaria ou não o local. 

    O Pronto Atendimento Infantil é destinado a crianças menores de 12 anos em casos de urgência e emergência, e realiza uma média de 130 atendimentos por dia. Antes do sistema atual, o funcionamento era restrito ao período de 7h às 22h e, fora desse horário, todos os serviços ficavam concentrados no prédio principal do Hifa, em frente ao PAI.

    “O PAI 24 horas é uma conquista para a cidade, que passou a contar com um local com serviços de urgência e emergência para crianças, disponível a qualquer hora e com equipe específica. Mas a busca pela qualidade deve ser constante, e a pequisa visa justamente verificar como a população avalia essa importante unidade de saúde infantil”, afirma a secretária municipal de Saúde, Luciara Botelho.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.