ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Cidades
    Anchieta promove encontro de ex-alunos e professores do Colégio Maria Mattos Antiga escola de Anchieta foi a primeira do interior do Estado e funcionou até 1995, formando milhares de estudantes.
    (Foto: Divulgação/PMA)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    03 de Agosto de 2018 às 10h42

    A Secretaria Municipal de Turismo de Anchieta irá promover nos dias 17, 18 e 19 de agosto o 1º Encontro dos Ex-Alunos e Ex-Professores do Colégio Maria Mattos, uma antiga escola que funcionou na cidade de 1940 a 1995. A intenção, segundo os organizadores, é reunir cerca de 3 mil pessoas durante o fim de semana. Uma programação, no próprio prédio do antigo colégio, com homenagens, jogos, baile e atividades culturais, irá reunir pessoas que trabalharam e estudaram na instituição.

    O colégio foi construído por Dom Helvécio, recebendo o nome de sua mãe, “Dona Maria Mattos”. Ele destinou à administrado do educandário às irmãs Carmelitas, tornando-se o primeiro colégio do interior do Espírito Santo.  Atualmente no prédio funciona a Escola Municipal Terezinha Godoy de Almeida.

    As atividades comemorativas ao encontro irão iniciar na sexta (17), às 18h15min, com apresentações culturais e homenagens. No sábado (18), às 8h30min irá acontecer a abertura da exposição “Relembrar é Viver”, com Fotos e artefatos do Colégio Maria Mattos no Centro Cultural Thiago Bezerra Leite. Em seguida serão promovidos jogos e um seminário, encerrando o dia com um baile, animado pelo DJ Pimenta e banda.

    Já no domingo (19), às 8h30min, será promovida uma missa em homenagem aos participantes e encerramento do encontro com apresentação de fanfarra. Durante o evento irão acontecer visitas guiadas ao Circuito Cultura e Fé de Anchieta.

    “O Colégio Maria Mattos se preocupava em construir um ambiente impregnado do espírito de família, com a formação de valores humanos e cristãos, que os alunos fossem agentes de mudança na sociedade, capazes de reconhecer a importância do bem comum. Vários  profissionais, autoridades e lideranças passaram pelo Maria Mattos”, disse o secretário de Turismo, Edson Vando de Souza.

    A Exposição Relembrar é Viver ficará aberta para visitação no Centro Cultural no período de 18 a 31 de agosto, das 08h30 às 20hs.

     

    Interessados em participar do evento: (28) 3536-1756.

     

    Local: Colégio Maria Mattos, próximo ao Santuário Nacional de São José de Anchieta

    17/08 - Sexta-feira               

    18h15min -Solenidade de Abertura

    18h30min - Apresentação da “Fanfarra Terezinha Godoy”

    18h45min - Homenagens

    19h00min - Contos e “Causos” ( ex-alunos, ex-professores, ex-funcionários etc....)

    20h00min - Apresentações Musicais:   “Quinteto Benevente” e “Eliana Bellumat”

     

    18/08 – Sábado

    08h30min - Abertura da Exposição “Relembrar é Viver” com Fotos e artefatos do” Colégio Maria Mattos” no Centro Cultural Thiago Bezerra Leite   

    09h15min - Abertura dos Jogos Esportivos dos Ex-Alunos com apresentação “Fanfarra Limeira” - - Interessados em participar dos jogos devem fazer a inscrição no Centro Cultural ou pelo tel.:   (28) 3536-1756

    11h30min - Encerramento dos Jogos Esportivos dos Ex-Alunos

    12h00min - Almoço Livre

    13h45min - Credenciamento para Seminário

    14h00min - Seminário “ Maria Mattos que Vivemos” 

    16h15min - Momento “Memórias” com Ex-Professores

    17h30min - Serenata da Saudade

    21h30min - Baile dos Ex-Alunos com DJ Pimenta e Banda

     

    19/08 - Domingo

    08h30min - Missa em ação de Graças aos Ex-Alunos e Ex-Professores no Santuário São José de Anchieta

    09h45min - Encerramento do Evento no Colégio Maria Mattos com  a ” Fanfarra Josefina Ramos Nunes”

     

     

    História

    As primeiras Irmãs Carmelitas que chegaram início do ano de 1932 a Anchieta foram a Madre Superiora Maria Zélia do SS. Sacramento, diretora do Colégio, Irmã Maria de João Evangelista e a Irmã Maria Celeste de São Simão Stokler, que vieram em companhia da Superiora Geral da Congregação, Maria Madalena de Pozi.

    Em março do mesmo ano, as Irmãs iniciaram seus trabalhos escolares tendo matriculado na primitiva escola, 35 alunos. Elas ficaram morando numa pequenina casa, em Anchieta, permanecendo nela até o falecimento de Dona Maria Mattos, em 24 de março de 1932.

    Em 12 de junho de 1938, foram lançadas as pedras fundamentais para a construção do novo Colégio “Dona Maria Mattos” com a presença do Capitão João Punaro Bley, Interventor Federal do Estado, e ilustres autoridades estaduais, municipais, militares, civis e eclesiásticas, além do povo.

    O colégio foi construído por Dom Helvécio, recebendo então, o nome de sua veneranda mãe “Dona Maria Mattos”, administrado pelas irmãs Carmelitas e tornou-se o primeiro Colégio do interior do Espírito Santo. Em 1940 iniciou seu funcionamento. Ele construiu o colégio porque queria que todos os anchietenses, onde existia deficiência de instrução, tivessem um colégio para estudar, evitando-se, desta forma, que a população percorresse grandes distâncias para obtê-la.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.