ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    COLUNISTAS Felipe Gobbi Vanini
    A VOZ NÃO PODE SER DOMADA
    Por Felipe Gobbi Vanini
    16 de Abril de 2018 às 07h42

    16 de abril é o Dia da Voz

    O século atual é marcado por uma imensidão de problemas, educacionais, políticos e sociais, e eles ao pouco vão fazendo o mundo cair em um profundo abismo, porém enquanto o mundo ainda pode se equilibrar, existe algo que está presente na sociedade há tempo, e ela foi que mudou o curso da história isso é a voz.

    A voz é algo que representa a ferocidade humana, e aquilo que nos permite expor ao mundo a nossa ideia nossos pensamentos para no fim conseguir mudar ele, seja para melhor ou para pior, com isso devemos ter cuidado com a voz, pois ao mesmo tempo ela é dadiva mais também é mortalha, pois palavras ditas jamais poderão ser desfeitas, elas podem se curar, mas sempre terá uma cicatriz para lembrar tudo de ruim que foi dito.

    Foi a voz de grandes homens e de grandes mulheres que levaram o mundo onde ele está, tendo aspectos bons e ruins, foi a voz de grandes líderes que fez exércitos inteiros lutarem, a voz faz parte do mundo, ela está diretamente relacionada a alma, um grito de socorro e uma gargalhada ambas são formadas pela voz, e como cada criatura, cada ser na terra tem uma voz diferente, até os animais tem voz porém não conseguimos compreendê-la, mas ela está lá  .

    Existem pessoas no mundo que por alguma ventura não possuem voz, porém jamais pense que essas pessoas são inferiores na verdade elas são ainda mais ferozes, por conseguir demostrar o que sentem através de outros aspectos, elas mostram que mesmo perante as adversidades são fortes e vão continuar mostrando ao mundo que como qualquer outro ser elas têm uma voz interior, que como todos jamais poderá ser domada.

    Com isso, o mundo pode estar caótico, porém se ouvir bem ao fundo será ouvido essa voz,  que vai crescendo e no fim se transforma em inúmeras pessoas que com sua voz tentam fazer do mundo um lugar melhor ensinando, mostrando, idealizando, porém a todos apenas peço que não abaixem as cabeças e se tem algo bom para falar falem, mostrem ao mundo do que são capazes e com sua voz declarem guerra a injustiça e o preconceito, e gritem para o mundo “ Essa é a minha voz e ela jamais será domada”.  

                                                                                                  

    Felipe Gobbi Vanini Felipe Gobbi Vanini tem 12 anos, mora em Vargem Alta e está no 7º ano do ensino fundamental. Ele é o escritor do livro "O Sonho de Rapidinho", que foi lançado em outubro de 2016.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.