ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    COLUNISTAS Felipe Gobbi Vanini
    O tempo de ser criança
    Por Felipe Gobbi Vanini
    13 de Outubro de 2017 às 07h56

    O tempo pode ser considerado como a energia mais forte que existe entre nós, ele tira de todos o que ele quer, pois de um terremoto é possível fugir para outro país ou região, já o tempo não, ele nos segue para onde formos. Ele que separa as fases da vida, e existe um tempo onde pode ser considerado como o mais alegre, a infância.

    Os habitantes da infância são as crianças, durante essa fase elas veem o mundo de outra maneira, veem com outros olhos, com o olhar da fantasia e imaginação, para muitos uma das coisas mais preciosas do mundo é olhar as coisas como crianças, pois elas não têm medo, encaram qualquer desafio para se satisfazer, e isso é algo raro, porque muitas vezes as pessoas desistem de seu objetivo sem ao menos terminá-lo. Muitas pessoas temem o tempo, mas se acolher ele como um velho amigo as coisas são mais fáceis, é o tempo que controla o mundo e devemos compreendê-lo, ele faz o que é melhor, pois assim as pessoas aproveitam cada dia melhor, do que se lamentarem de tristeza por ele ter ido embora.

    Uma grande prova disso pode ser observada ao se viajar de ônibus, durante a viagem muitos adultos pegam o fone de ouvido e olham para o teto, já a criança não, ela fica na janela observando tudo o que está acontecendo, e ao olhar as imagens distorcidas serem passadas podem imaginar o mundo todo ao mesmo tempo, conseguem olhar através do horizonte novos caminhos a serem explorados. As crianças correm pela terra sem medo, vão atrás de seus sonhos, se divertem e imaginam o mundo de outra forma que jamais pode ser vista pelos adultos.

    As crianças podem não se preocupar com politica, nem economia, mas conseguem ver as coisas de outra forma, isso é uma visão diferente, elas veem pelo lado da cultura, pelo lado da imaginação, e, às vezes, é o que a humanidade precisa, uma maneira de descontrair e ver as coisas como uma criança vê. Infelizmente, a sociedade enfrenta problemas em relação as crianças como é o caso da pedofilia, o trabalho infantil também é algo a ser analisado, porém é bom saber que a cada ano isso vai se extinguindo por causa das leis, mas ainda existem pessoas que fazem essa crueldade. É nessa época que muitas das melhores amizades são descobertas, amizades levadas para a vida toda.

    Ser criança é poder ver as coisas por outro ângulo que ninguém mais pode ver, é imaginar horizontes jamais vistos, e assim desbravando pelo mundo, vendo nas coisas boas a oferecer, é ser puro e ter uma caminhada melhor para o futuro. São as crianças que governarão o futuro.

    Então, é preciso preservar a infância e, em especial, ser criança, pois é uma fase da vida em que é impossível voltar, por isso que livros que refletem o ponto de vista das crianças são tão populares, pois é uma representação clara de como é ser criança, concluindo que ser criança deve ser preservado e que ninguém deve tirar isso.

    Parabéns para todas as crianças de corpo e de espírito!

    Felipe Gobbi Vanini Felipe Gobbi Vanini tem 12 anos, mora em Vargem Alta e está no 7º ano do ensino fundamental. Ele é o escritor do livro "O Sonho de Rapidinho", que foi lançado em outubro de 2016.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.