ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Espírito Santo
    Idaf realiza reuniões técnicas para segunda etapa da campanha contra febre aftosa A vacinação é de responsabilidade do produtor e as vacinas devem ser adquiridas em lojas agropecuárias cadastradas junto ao Idaf
    (Foto: Divulgação)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    17 de Outubro de 2018 às 15h03

    Servidores do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) participam, durante toda a semana, de reuniões técnicas de padronização de procedimentos para organização da campanha de vacinação contra a febre aftosa.

    Realizadas na sede do órgão, em Vitória, e nos escritórios regionais de Nova Venécia, Colatina e Cachoeiro de Itapemirim, as reuniões são voltadas para médicos-veterinários, servidores administrativos e técnicos-agrícolas do Instituto que atuam em todo o Estado.

    Segundo o responsável pelo Programa de Febre Aftosa no Idaf, José Dias Porto Júnior, diversos servidores de todas as gerências regionais estão recebendo orientação quanto à padronização dos procedimentos técnicos-administrativos.

    “As campanhas recentes de vacinação contra febre aftosa têm alcançado resultados positivos no Espírito Santo. Para manter esses números, é fundamental que a fiscalização continue sendo feita da forma correta e que os produtores recebam orientação contínua. Só assim atingiremos a meta de retirar a vacinação em 2021”, frisou Porto Júnior, responsável pelas reuniões junto com a médica-veterinária Luciana Zetun, que ministra a parte de usabilidade do sistema durante a etapa de imunização.

    Quando começa?

    A segunda etapa da campanha de imunização contra febre aftosa acontece durante os dias 1º e 30 de novembro. Nesse período, os responsáveis por bovinos e bubalinos devem vacinar seus animais, de todas as idades. Vale ressaltar que a vacinação é obrigatória e aqueles que deixam de vacinar estão sujeitos a multa, além de ficarem impedidos de retirar animais de suas propriedades até regularizarem a situação sanitária do rebanho.

    Como vacinar

    A vacinação é de responsabilidade do produtor e as vacinas devem ser adquiridas em lojas agropecuárias cadastradas junto ao Idaf. Após a compra, é importante seguir as normas de transporte, manutenção, higienização e aplicação para não comprometer a qualidade do produto.






    Fonte:Governo ES

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.