ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Geral
    Templo da Boa Vontade ganha iluminação especial em apoio à campanha Outubro Rosa Durante todo o mês, edificações ganham luz rosa a fim de remeter à cor do laço que simboliza a luta contra a doença.
    (Foto: Divulgação/LBV)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    18 de Outubro de 2018 às 13h19
    (Atualizada) 18 de Outubro de 2018 às 13h42

    O Templo da Boa Vontade (TBV), o monumento mais visitado de Brasília/DF — segundo dados da Secretaria de Estado do Esporte, Turismo e Lazer do Distrito Federal (Setul-DF) —, está aderindo mais uma vez, como tem feito há diversos anos, à campanha Outubro Rosa, iniciativa internacional que visa conscientizar e alertar as mulheres e toda a sociedade da importância de prevenir e de diagnosticar precocemente o câncer de mama. Durante todo o mês, edificações, prédios públicos e privados, pontes, igrejas e outros locais ganham luz rosa a fim de remeter à cor do laço que simboliza a luta contra a doença.

    Além de receber a iluminação especial a partir de 1º de outubro, a Pirâmide da Paz, como também é conhecido o TBV, realizará todos os dias desse mês, às 18 horas (Hora do Ângelus), uma Corrente Ecumênica de Preces em favor da saúde das mulheres e das famílias que enfrentam essa enfermidade. Ainda serão ministradas palestras de esclarecimento sobre o tema ao público feminino e a todas as pessoas interessadas.

    Essas e outras ações fazem parte da série de eventos em comemoração dos 29 anos do Templo da Boa Vontade, a serem completados em 21 de outubro. Como ocorre anualmente, a programação do tradicional “Outubro no TBV” inclui atividades especialmente destinadas a toda a família.

    O Templo da Boa Vontade, eleito uma das Sete Maravilhas de Brasília, está localizado na Quadra 915 Sul. Outras informações sobre o TBV ou sobre as festividades de seu 29º aniversário podem ser obtidas entrando-se em contato pelo tel. (61) 3114-1070 ou acessando-se o site www.boavontade.com.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.