ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Geral
    Hartung defende centro político para o país ganhar competitividade análise do governador foi apresentada durante participação no 5º Fórum Liberdade e Democracia
    (Foto: Leonardo Duarte/ Secom-ES)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    06 de Novembro de 2017 às 14h55

    O governador Paulo Hartung afirmou, na manhã desta segunda-feira (06), que o maior desafio é retomar a racionalidade para avançar na construção de um centro político para discutir e construir uma agenda modernizadora para o país. Hartung acredita que a crise socioeconômica nacional está intervindo diretamente na vida da sociedade que está impaciente e extremista. A análise do governador foi apresentada durante participação no 5º Fórum Liberdade e Democracia. O evento acontece na Arena Shopping Vitória, em Vitória.

    Paulo Hartung analisou ainda que o país está passando por uma leve melhora no cenário econômico, e torce para que este fator auxilie na retomada do debate para construção de uma agenda que defenda a racionalidade e ações necessárias para o Brasil.

    “O país está em um ambiente péssimo, mal humorado e em desconforto. Só sobra no país os extremos. Precisamos do exercício de liderança social e coletiva. É necessário criamos o centro político para construir uma agenda modernizadora do país. Agenda boa não é da bravata. Se entramos neste caminho vamos flertar com os piores exemplos produzidos por nossos vizinhos latino-americanos. Esperamos que a economia reaja para que a geração de empregos e renda permita retomar a racionalidade nos debates”, destacou. 

    Paulo Hartung reafirmou que a sociedade e lideranças não podem acreditar que o intervencionismo governamental pode gerar crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). Hartung disse ainda que o momento que a Brasil vivencia, exige a participação coletiva de lideranças para discutir as reformas estruturantes necessárias para o país ganhar competitividade e retornar o crescimento econômico e, consequentemente, gerar emprego e renda.

    “Governo que acha que faz PIB e crescimento econômico produz só crise fiscal. Por isso estamos na maior crise fiscal e socioeconômica da história de nosso país. Os males do presente têm a ver com as ações do passado. A ideia que o Governo abre os braços e coloca tudo que está ao alcance da vista é um pensamento equivocado de intervencionismo. Infelizmente, em um passado recente, aconteceu no Brasil e estava acontecendo no Espírito Santo”, ponderou o governador.

    Ao final da explanação, o governador Paulo Hartung parabenizou a realização do evento que tem como objetivo discutir o atual cenário socioeconômico do país e atuar na formação de novas lideranças. “Por isso valorizo esse movimento que forma lideranças. Espero que os novos líderes conheçam e debatam os pensamentos, mas que formem atitudes conectadas com as pessoas neste mundo que produz maravilhas, mas também gera pobreza e exclusão. Nesta crise que o país passa, o pior que temos é o vazio de lideranças. Precisamos construir uma agenda para o país que passa pela reforma do Estado Brasileiro e, para isto, temos que modernizar o país para sermos competitivos neste mundo integrado que vivemos”, frisou. 

    Fórum Liberdade e Democracia debate política e economia em Vitória

    Com o tema “Valores que constroem instituições duradouras”, o Instituto Líderes do Amanhã realiza a 5ª edição do Fórum Liberdade e Democracia de Vitória ao longo desta segunda-feira (06), na Arena Shopping Vitória. O evento conta com uma programação de palestras e painéis com lideranças locais e grandes nomes do cenário político econômico nacional.

    Entre os palestrantes, Ilan Goldfajn, presidente do Banco Central e economista-chefe e sócio do Itaú Unibanco, participará do painel “Perspectivas do novo cenário econômico”, em que falará sobre o desenvolvimento sustentável no país em meio ao atual cenário junto com o presidente do Bancoob, Marco Aurélio Borges de Almada Abreu. Juliano Seabra, diretor da Endeavor, Bruno Funchal, secretário da Fazenda do ES, Hélio Beltrão, presidente do Instituto Mises e outras lideranças também já estão confirmadas como palestrantes.

    A expectativa é de que aproximadamente 1.200 pessoas participem do Fórum, que começou às 9h30 com fala do Governador do Estado, Paulo Hartung, e vai até às 19h.  O objetivo do evento é fomentar a discussão e apontar alternativas viáveis para equacionar os problemas brasileiros, além de debater temas polêmicos e inovadores abordados por reconhecidos profissionais das mais diversas áreas.

    O tema deste ano foi inspirado na obra de Jim Collins, consultor empresarial considerado um dos maiores especialistas em gestão da atualidade, que escreveu grandes sucessos do mundo empresarial, como “Empresas Feitas para Vencer” e “Vencedoras por Opção”. Pautado nos ensinamentos do escritor, o Fórum Liberdade e Democracia visa disseminar conhecimento e experiências que viabilizem a construção de instituições duradouras no Espírito Santo e no país.

    Líderes do Amanhã

    Fundado em 2011, o Instituto Líderes do Amanhã é uma associação voltada à formação e ao amadurecimento de novos líderes empresariais capixabas, com o compromisso de colaborar para a melhoria contínua do ambiente de negócios do Espírito Santo, por meio de ações alinhadas com os valores da instituição.




    Fonte: A

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.