ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Política
    Segundo turno à vista Manato revela que pesquisas internas mostram ele no segundo turno com Casagrande
    (Foto: Divulgação)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    20 de Setembro de 2018 às 13h53
     A campanha de Manato começou bem mais tarde que a dos adversários. Ele se apresentou como candidato a governador no penúltimo dia das convenções, uma surpresa para muitos, mas não para o partido dele, o PSL, segundo o candidato. “Nós queríamos trazer para o Espírito Santo uma nova forma de fazer política, sem a barganha, sem o toma lá, dá cá. E, na reta final, começamos a conversar em colocar meu nome, devido a minha experiência de 16 anos de vida pública e da minha relação de amizade com Bolsonaro. Então, foi essa a decisão do PSL e dos dois partidos com os quais coligamos, o PRB, e o PR de Magno Malta. Não aceitamos ver o país sendo libertado do domínio da esquerda e o Espírito Santo não. Por isso, desisti do cargo de deputado federal para assumir esse desafio”, disse Manato.
     
     Com esse discurso de mudança, aliado a figura de Bolsonaro, Manato, mesmo saindo tarde para disputa, tem surpreendido. Vem atraindo muitos seguidores, não só nas redes sociais, onde hoje já ganhou mais de 15 mil seguidores desde o início da campanha, mas também nas ruas. “A última carreata que fizemos, em Cachoeiro, foi maravilhosa. Muita gente veio mostrar apoio a Bolsonaro e a Manato. O povo já entendeu que o Espírito Santo merece seguir na mesma direção de mudança que o Brasil e, por isso, vai eleger um governador de mãos limpas, que não está envolvido em nenhum esquema de corrupção, que vai levar o Espirito Santo a caminhar lado a lado com o novo Brasil, governado por Jair Bolsonaro”, falou Manato.

     Na página do candidato nas redes sociais, é possível ver as transmissões ao vivo dessas carreatas, onde não só a de Cachoeiro aparece com um grande volume de veículos. Na carreata feita em Vitória a quantidade de carros também impressiona. Segundo os grupos da direita, organizadores do evento, ela contou com mais de mil carros.
     
     Mas não é apenas o apoio popular que Manato tem. Políticos campeões de votos, como Amaro Neto e Magno Malta - líder nas pesquisas do Senado -, também tem saído pelo Estado, pedindo votos para o candidato do PSL. Diante de tanto apoio e de dados levantados pelo partido, Manato não tem dúvida que vai para o segundo turno. “Nós temos números de pesquisas, feitas para consumo interno, que mostram resultados bem diferentes desses apresentados pelas pesquisas compradas pelos jornais capixabas. Essas pesquisas apresentadas nos jornais, estão bem longe de mostrar a realidade das ruas. O capixaba quer essa mudança e mostra isso em cada lugar que eu chego”, concluiu Manato.
    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.