ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Política
    Secretário Eugênio Ricas é eleito vice-presidente do Conaci O novo presidente do Conaci será o controlador-geral do Rio Grande do Sul, Álvaro Fakredin
    (Foto: Divulgação)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    06 de Outubro de 2017 às 15h53
    O secretário de Estado de Controle e Transparência do Espírito Santo, Eugênio Ricas, foi eleito vice-presidente do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci). A eleição da nova diretoria, para o biênio 2018-2019, foi realizada nesta sexta-feira (06), durante a 24ª Reunião Técnica do Conaci, que sucedeu o XIII Encontro Nacional dos Órgãos de Controle Interno, em Manaus (AM).
     
    O novo presidente do Conaci será o controlador-geral do Rio Grande do Sul, Álvaro Fakredin. Eugênio Ricas ressaltou a importância da atuação no fortalecimento do controle interno no País.
     
    “A responsabilidade de ser vice-presidente do Conaci é muito grande. Teremos a responsabilidade de continuar promovendo o nome e as ações do conselho não só no Brasil, mas em outros países. Também devemos continuar disseminando a cultura da importância da prevenção, que é alcançada com um controle interno eficiente e eficaz. Para o Espírito Santo, fica a certeza de que estamos no caminho certo e o orgulho de, mais uma vez, participarmos ativamente da representação do Conaci”, afirmou o secretário da Secont.
     
    O Espírito Santo já teve representatividade na diretoria do Conaci, quando a atual secretaria de Estado de Governo, Ângela Silvares, foi presidente do conselho no biênio 2012-2013, período em que estava à frente da Secont.
     
    Atuação
     
    Atualmente, o Conaci é composto por 49 membros, representantes de secretarias de controle interno, auditorias gerais e ouvidorias gerais de 27 estados, Distrito Federal, União e 19 capitais. Sua atuação se dá a partir do intercâmbio de conhecimentos, práticas e informações, possibilitando um trabalho conjunto para a formulação, implementação e avaliação de políticas nacionais de controle e gestão.
     
    Faz parte de suas atividades a coordenação e articulação das ações de interesse dos órgãos de controle interno, a realização de debates e eventos de interesse dos órgãos de controle interno, a coordenação e o desenvolvimento de programas e projetos voltados à construção de mecanismos de controle que possibilitem ao país avançar econômica e socialmente, aproximando o poder público dos cidadãos.



    Fonte: Governo ES
    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.