ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Vargem Alta
    Na luta pela vida do HPO - Hospital Pe. Olívio! Os cidadãos vargem altenses querem o hospital funcionando. Esta é alternativa a favor do povo, dos mais humildes e principalmente dos mais necessitados, dos que não tem dinheiro
    Hospital Padre Olívio, Boa Esperança.(Foto: Divulgação)
    Autor: Cláudio Pazetto
    25 de Janeiro de 2019 às 09h12
    (Atualizada) 25 de Janeiro de 2019 às 09h36

    É necessário organizar uma grande força-tarefa para salvar o hospital, que devido a problemas financeiros, de gestão e principalmente pela falta do repasse de recursos municipais, ameaça encerrar suas atividades.

    Os problemas financeiros do HPO já foram anunciados há muito tempo. Portanto, é de amplo conhecimento da sociedade e das autoridades públicas a situação administrativa e financeira da instituição.

    Menos discursos e mais ação concreta é o que a população espera. Mesmo aqueles que defendem o fechamento do hospital e a transferência dos atendimentos para a sede do município, podem precisar de serem socorridos um dia. Um hospital faz a diferença, um hospital perto faz a total diferença para salvar vidas. Pode não dar tempo de chegar a Cachoeiro, cidade mais próxima e usar o plano de saúde, recurso dos mais abastados. A ignorância e a mesquinhez não podem falar mais alto que a vida.

    O Hospital Padre Olívio é de todos! Foi fundado em 12 de abril de 1971, funcionou como ambulatório até 1986, ano em que passou a categoria de hospital e maternidade. Apenas dois anos depois, houve a emancipação dos distritos de Jaciguá e Vargem Alta, desmembrando de Cachoeiro de Itapemirim e criando o município de Vargem Alta.

    Os discursos e a campanha pela emancipação anunciavam um tempo de mudanças e de melhorias para todas as comunidades. Adolescentes, jovens e adultos foram as ruas e as urnas pelo sim, acreditando na independência e na defesa pelos seus direitos de igualdade, pelos direitos dos cidadãos. E todos que ocuparam e ocupam cargos públicos em nossa cidade, os tiveram ou os tem graças ao movimento do povo vargem altense.

    Sim, o HPO-Hospital Pe. Olívio precisa de reestruturação administrava, choque de gestão ou o nome técnico que queiram usar. Mas, enquanto alguns estão presos ao ego, a guerra de palavras ou a termos técnicos, a população está sem acesso ao pleno atendimento a saúde.

    Como foi dito no início desse artigo, há inúmeros anos os problemas do hospital são de conhecimento público, não dá para fazer cara de surpresa e assombro, principalmente aqueles que deveriam fiscalizar, orientar, manter e cobrar ações pelo Hospital e não contra o hospital.

    Os cidadãos vargem altenses querem o hospital funcionando. Esta é alternativa a favor do povo, dos mais humildes e principalmente dos mais necessitados, dos que não tem dinheiro. Desculpas, dados técnicos, discursos justificando isso ou aquilo, não são a resposta que o povo quer e precisa. Somos todos HPO!



    Este artigo foi escrito por Cláudio Pazetto, jornalista.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.