ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Vargem Alta
    Prefeitura de Vargem Alta disponibiliza servidores para atendimento do cadastro da CNH Social A inscrição é feita online, mesmo assim há pessoas com dificuldades para fazer as inscrições porque não possuem acesso a rede, conhecimento de internet ou algum outro tipo de dúvida.
    (Foto: Divulgação internet)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    08 de Março de 2018 às 06h39

    Mais de 16 mil pessoas já se cadastraram  no programa CNH Social 2018 desde que foi lançado pelo Governo do Estado no último dia 6. A inscrição é feita online, mesmo assim há pessoas com dificuldades para fazer as inscrições porque não possuem acesso a rede, conhecimento de internet ou algum outro tipo de dúvida.

    Pensando nos vargem altenses com essas ou outras dificuldades, a Prefeitura de Vargem Alta, através a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social está disponibilizando  aos cidadãos a possibilidade de fazerem a inscrição com o auxílio de um servidor.

    Devido a demanda e o tempo necessário para o atendimento de cada pessoa no momento da inscrição, serão disponibilizadas 10 senhas diária. As informações podem ser obtidas pelo telefone (28) 3528 1390.

    João Altoé e Paulo Hartung O Prefeito João Altoé esteve na solenidade de lançamento do programa. O Chefe do Executivo ressaltou que vê a iniciativa como uma oportunidade para as pessoas ingressarem no mercado do trabalho, além de elogiar os 60% de vagas para o interior capixaba. O Programa CNH Social 2018 oferece formação, qualificação e habilitação profissional para condutores de veículos.

    Para se inscrever no programa, será necessário que o candidato esteja ou venha a se inscrever no CadÚnico – Cadastro Único do Governo Federal –, seja maior de 18 anos e tenha renda familiar de até dois salários mínimos.

     Serão disponibilizadas 9 mil vagas que serão distribuídas em três fases de inscrição. Deste total, 40% das vagas serão distribuídas para a Região Metropolitana da Grande Vitória, e 60%, para o interior do Estado. As inscrições para a primeira fase, em que serão disponibilizadas 3 mil vagas, começaram na quarta-feira (07) e vão até o dia 05 de abril.

    Para se inscrever no programa, é necessário que o candidato esteja ou venha a se inscrever no CadÚnico – Cadastro Único do Governo Federal, seja maior de 18 anos e tenha renda familiar de até dois salários mínimos.

    O programa social possibilitará o acesso gratuito de pessoas de baixa renda à obtenção da primeira habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro) e, para aqueles que já são habilitados, a adição de categoria A ou B e mudança de categoria C (caminhão com até 6 mil Kg), D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta).

    O programa CNH Social 2018 foi instituído pelo Governo do Estado por meio da Lei Nº 10.786, de 2017, e lançado por intermédio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), da Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH) e da Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades).

     

     

     

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.