ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Agricultura
    Refin-Agropecuário 2019 facilita a regularização de dívidas de produtores rurais A medida possibilita a renegociação da parcela que vence em 2019, mantendo a mesma taxa de juros do contrato original.
    (Foto: Divulgação)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    11 de Abril de 2019 às 07h37
    Produtores rurais financiados pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) com contratos que vencem este ano podem buscar no Refin-Agropecuário uma chance para organizar sua situação financeira. A medida possibilita a renegociação da parcela que vence em 2019, mantendo a mesma taxa de juros do contrato original. 

    O Refin-Agropecuário tem regras definidas no Manual de Crédito Rural (MCR), que o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) utiliza para atender às necessidades dos produtores. Para se habilitar, o produtor deve estar em dia com suas obrigações financeiras e de acompanhamento do projeto junto ao banco capixaba.

    A medida possibilita a renegociação da parcela que vence em 2019, mantendo a mesma taxa de juros do contrato original. 

    “O Bandes tem feito uma verdadeira ‘força-tarefa’ para atender o produtor rural que necessita renegociar seus contratos. Desta forma, fizemos um trabalho junto ao BNDES para possibilitar renegociações das operações. Também estamos em contato com associações e entidades ligadas à agricultura em todo o Estado prestando informações qualificadas sobre todo processo”, destaca o gerente Financeiro do banco, Carlos Magno Rocha de Barros. 
    Toda essa movimentação tem o propósito de atender bem o produtor, complementa o gerente. 

    O passo a passo da renegociação

    O saldo devedor do contrato a ser renegociado terá extensão de seu prazo de amortização. Será acrescentada mais uma parcela para pagamento do financiamento original. “Para um fácil entendimento, é como se a obrigação de pagar o principal da parcela deste ano fosse transferida para um ano após o final do contrato”, explica o gerente. 

    Para aderir à renegociação, o cliente deve efetuar o pagamento dos juros da parcela refinanciada como sinal, até a data definida pelo banco e o envio de documentos para análise. O produtor rural interessado deve enviar a solicitação de renegociação e os documentos necessários ao Bandes pelo e-mail refin@bandes.com.br ou whatsapp (27) 99949-4206. 

    Após a análise, o banco emite o boleto para o pagamento do sinal. Caso haja alguma pendência do cliente também será proposto um prazo de regularização. “Nesse processo, é importante que o interessado monitore periodicamente seu e-mail ou whatsapp”, orienta Carlos Magno.

    Aprovada pelo banco capixaba, a solicitação de refinanciamento é encaminhada ao BNDES. Se aceita, o Bandes dá inicio à formalização do acordo. “É importante ressaltar que o cliente tem 30 dias para providenciar a formalização e a devolução do novo contrato ao Bandes”, informa.

    Documentos para envio

    - Solicitação de renegociação PRONAF – Refin Agropecuário 
    - Laudo técnico PRONAF – Refin Agropecuário
    - Declaração de Aptidão ao PRONAF
    - Certidão Negativa de Débito da Receita Federal
    - Regularidade na execução dos investimentos
    - Comprovação do pagamento do sinal (juros da parcela refinanciada)
    Consulte a Página Refin-Agropecuário Pronaf para informações adicionais.





    Fonte:Governo ES
    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.