ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    COLUNISTAS Felipe Gobbi Vanini
    A Criança e o Bicho-papão
    Por Felipe Gobbi Vanini
    28 de Janeiro de 2019 às 08h32

    A criança corria pela selva ligeiramente, possuía olhos de tempestade e cabelos escuros como a noite, muitos poderiam achar que ela se perdeu na floresta , contudo estava fugindo, fugia do mundo, fugia por ter um segredo assustador, sua única opção era ir embora, pois seu segredo era perigoso, nenhum humano poderia compreender o que ela escondia.

    Cercada por feras terríveis ela não tinha temor em seus olhos, diferentemente de quando vivia com as pessoas, no meio da floresta ela encontrou um poste com uma lamparina no alto, e abaixo dele um grande lago, com um barco que navegava sozinho, como se esperasse alguém que nunca veio, no fundo do barco via-se apenas uma fotografia de um homem normal com a tatuagem de uma lua, e sobre o lago ela imaginava suas memórias dançando, mas via o destino que a esperava.

    Ao pé do carvalho negro o bicho-papão estava em sua verdadeira forma, e quando a criança o viu avançou, o bicho papão começou a se transformar nas criaturas mais perversas do mundo, porém ela não teve medo e foi avançando e ao chegar tão perto abraçou a criatura ouviu que seu coração batia fortemente, e viu em seu braço o símbolo de uma lua, a criança foi o único ser na terra ao ver o segredo do bicho papão, e então entrou no barco  nunca mais retornando e levando consigo o maior segredo do mundo.  

    Felipe Gobbi Vanini Felipe Gobbi Vanini tem 12 anos, mora em Vargem Alta e está no 7º ano do ensino fundamental. Ele é o escritor do livro "O Sonho de Rapidinho", que foi lançado em outubro de 2016.

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento do Conexão ES.