ESCOLHA A SUA CIDADE
    HORA CERTA
    Política
    Mulher é assassinada no quintal de sua casa Polícia Militar suspeita que seja mais um caso de feminicídio.
    (Foto: Divulgação)
    Autor: Rádio Conexão.ES
    13 de Maio de 2019 às 12h49

    Segundo informações da Polícia Militar há suspeita de que seja mais um caso de feminicídio. A vítima, uma mulher identificada como Sandra Helena Moreira, 46 anos, foi morta na madrugada deste domingo (12) com um tiro no peito no distrito de Conduru, em  Cachoeiro de Itapemirim.

    A motivação do crime  será investigada pela polícia. O corpo de Sandra Helena foi transferido para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim.

    Populares relataram que a vítima  estava tendo um relacionamento conturbado com o ex-companheiro. O episódio aconteceu por volta das 2h30 e seu corpo foi encontrado no quintal de sua residência. Até o momento não há informações sobre o autor do disparo.

    Os policiais militares informaram que estava acontecendo uma festa atrás de um bar, quando a vítima saiu para ir a sua residência e demorou a retornar ao local. Seu genro saiu a sua procura, quando se deparou com o corpo nos fundos da casa.

    Após buscas no local realizadas pelos militares, nenhuma arma ou munição foi encontrada.

     O que é Feminicídio:

    Feminicídio significa a perseguição e morte intencional de pessoas do sexo feminino, classificado como um crime hediondo no Brasil.

    O feminicídio se configura quando é comprovada as causas do assassinato, devendo este ser exclusivamente por questões de gênero, ou seja, quando uma mulher é morta simplesmente por ser mulher.

    Feminicídio no Brasil:

    De acordo com dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), nos últimos anos pelo menos 50 mil mulheres foram mortas no Brasil, sendo os assassinatos enquadrados como feminicídio. O estudo ainda aponta que 15 mulheres são assassinadas por dia no país, devido a violência por gênero.




    Com informações da Folha do ES

    COMENTÁRIOS *
    * Opiniões expressas na área "Comentários" são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representa o posicionamento da Rádio Conexão.